• Home  / 
  • Corrida de Rua
  •  /  Como correr mais rápido – 4 dicas essenciais para todo corredor

Como correr mais rápido – 4 dicas essenciais para todo corredor

Avatar
By Giovana Kaupe / 8 de junho de 2019
Rate this post

Mesmo corredores amadores treinam para serem mais rápidos na sua distância. Até quem diz não se preocupar com pace acaba comparando seus tempos com outros corredores ou consigo mesmo.

Tempo é importante e é como medimos o condicionamento do corredor. Afinal, em qualquer corrida, quem ganha é quem chega antes, quem corre mais rápido.

Se acostumar a correr mais rápido também te ajuda a aumentar as distâncias com menos sofrimento. Acredite, o desgaste é menor fazendo uma maratona abaixo de 4 horas do que acima de 6 horas. O corredor mais lento acaba por passar muito mais tempo em movimento e isso desgasta bastante.

Por isso, mesmo se você corre só para se divertir, treine para correr mais rápido. Aqui vão algumas dicas para você baixar seus tempos em qualquer distância:

1. Faça treinos de velocidade: Se você não tem uma pista de atletismo disponível, procure um local em que possa correr rápido sem perigos (como atravessar ruas por exemplo). Parques e orlas são boas opções. Treinos intensos onde o corredor realiza várias séries curtas em ritmo máximo ou submáximo desenvolvem o sistema aneróbio e aumentam o limiar de lactato, o que faz com que o atleta suporte um ritmo mais forte por mais tempo. Não fuja dos treinos de pista! Algumas pessoas preferem fazer os intervalados na esteira, pessoalmente como treinadora eu prefiro a rua pois a esteira superestima a velocidade, mas caso seja a única opção, faça nela mesmo. Para provas de 5 e 10km as séries variam de 200 à 1200m ao longo do treinamento (em média), já para meia e maratona as séries são mais longas e o ritmo menor, mas ainda assim, em um ritmo muito mais rápido do que a prova-alvo.

2. Aumente a quilometragem semanal: quando se fala em provas de 21 e 42km, a quilometragem dita a performance. Quanto mais você rodar, melhor irá correr. O ajuste do treino é mais em função do que é necessário e o que já se torna extenuante para aquele corredor. Aumentos progressivos na km semanal ao longo da periodização são muito bem-vindos.

3. Melhore o gesto motor: quanto mais eficiente for a sua corrida, mais rápido você será. Vale a pena fazer uma avaliação biomecânica completa e exercícios de aprendizagem motora para deixar sua corrida mais eficiente. Esse investimento é mais inteligente do que gastar centenas de reais em tênis e acessórios.

4. Fique mais leve: Cada quilo conta quando você está deslocando o próprio corpo. Ficar mais leve vai te deixar mais rápido mesmo que você não tenha treinado bem. É claro que dietas malucas e pobres em nutrientes vão ser prejudiciais então foque em se alimentar corretamente para emagrecer sem ficar fraco. Perder peso pode te ajudar a bater seus recordes pessoais e ainda diminui o risco de lesão por diminuir o impacto.

Se esse post foi útil pra você correr melhor, compartilhe nas redes sociais!

Bons treinos!

Giovana Kaupe



Click here to add a comment

Leave a comment: