Dor no quadril ao correr? Veja como solucionar

Avatar
By Giovana Kaupe / 8 de junho de 2019
Rate this post

Saiba quais as causas e como evitar dor no quadril durante os treinos

Dor no quadril ao correr é uma condição que atinge muitos corredores iniciantes e também experientes. É comum aparecerem algumas dores durante ou após um treino longo ou mais intenso, mas ele deve sumir em poucos dias. Se a dor persiste e é sempre no mesmo local, deve ser investigada para não se agravar.

Uma das lesões mais comuns no quadril de corredores é a tendinite. A dor pode ser difícil de ser localizada e aparecer irradiada em demais locais. Dores no glúteo, parte externa do quadril e até no joelho podem ser indicativos de tendinite de glúteo médio.

Esse músculo é o principal estabilizador do quadril, é ele que impede que o quadril desabe (incline pra baixo) quando tiramos o pé do chão durante caminhadas ou treinos de corrida. O processo inflamatório pode se agravar se não for tratado, a ponto de fazer o paciente não caminhar mais sem sentir dor.

O que fazer?

O primeiro passo é buscar um médico especialista para avaliar e tratar a lesão neste momento e depois reabilitar o quadril com a ajuda de um fisioterapeuta. A volta ao esporte se dá progressivamente, controlando volume de treino e a biomecânica da corrida.

Como evitar?

Como em outros casos, o que evita um corredor de se machucar nos treinos é a periodização correta (o planejamento de volume e intensidade), com cargas progressivas e nunca aumentando a distância de forma abrupta. O corpo precisa de tempo pra se adaptar à demanda do exercício.

Além disso, avaliar e melhorar o gesto de corrida faz com que você não sobrecarregue mais uma articulação do que outra. Fortalecer e estabilizar é fundamental, daí a importância de um programa de treinamento de força específico para corredores.

Não tem segredo, só trabalho:

Grande parte das pessoas que se lesionam correndo erram no treinamento, na biomecânica ou em não desenvolverem força. Não é nenhuma receita mágica, mas essas 3 coisas fazem com que você diminua muito o risco de se machucar.

Click here to add a comment

Leave a comment: